sexta-feira, 24 de agosto de 2007

“Se essa rua fosse minha”




Por Renata Sanches

Um grupo do quarto ano de jornalismo da Universidade Imes de São Caetano do Sul, estão produzindo um vídeo-documentário sobre moradores em situação de rua. Mostrando a discriminação e também que os moradores não agüentam mais serem tratados como bichos.
O documentário mostrará que os moradores que estão nas ruas possuem hierarquia, que eles possuem uma organização. A maioria das pessoas que vão para as ruas tem família, tem estudo, mas por algum problema social, como desemprego, desentendimento dentro de casa optam por irem morar na rua.
O grupo contou com a participação de um ex-morador de rua, Sebastião Nicomedes de Oliveira, de 38 anos, mais conhecido nas ruas de São Paulo como “Tião”. “Tião” será o principal personagem do documentário, pois foi por ele que o grupo aprendeu e colheu bastantes fatos para a realização do trabalho. A sua história é muito interessante, “Tião” foi para as ruas depois de um acidente que sofreu e seus sócios durante o período em que estavam no hospital, venderam o negócio que tinham juntos e “Tião” ficou sem nada, restando apenas ir dormir nas calçadas.
O nome do documentário será: Minha rua, minha casa. Tendo sua pré-estréia dia 21 de agosto, às nove horas da noite, no auditório Hélcio Quaglia, no prédio B. lembrando a entrada é franca.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Erro de concordância logo no primeiro parágrafo.

Procure sinônimos para o verbo mostrar.

Acertar última frase.

Bom título.