sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Alternativa ou Opção?

Moradores em situação de rua é tema de trabalho de Conclusão de Curso em Universidade no ABC Paulista
Um grupo de 7 alunas do 4º ano de jornalismo da Universidade IMES em São Caetano do Sul, apresentou na última terça-feira, 21 de agosto a partir das 19:30 h, uma prévia do documentário Minha Rua Minha Vida. O vídeo terá como pauta moradores em situação de rua e vai contar a trajetória de alguns deles: como vivem diante de situações precárias, quais alternativas que buscam para fugir das discriminações e das privações encontradas, etc.
Juliana Borges, uma das diretoras do curta, diz ainda que o vídeo irá desmistificar a idéia que as pessoas tem dessas pessoas, pois todos usam o termo morador de rua, e o correto é moradores em situação de rua, já que eles não necessariamente moram nas ruas,essas pessoas não tem moradia e nem renda fixa, mas dormem em pensões ou albergues as vezes.
O grande diferencial é que as estudantes irão apresentar o Hotel Social. Um local que abriga hoje 108 homens e têm a finalidade de tirar as pessoas das ruas e abrigá-los por um período de até 6 meses até que eles consigam voltar ao convívio social, seja através de um emprego ou retorno às famílias e se no prazo máximo de permanência isso não for possível, eles retornam aos albergues.
Outro ponto abordado é o fato de que hoje quase não existe mulheres em situação de rua.
O vídeo-documentário Minha Casa Minha Rua que irá contar essas histórias e outras mais, você irá acompanhar na íntegra no mês de Outubro, por enquanto sem data definida.
Kelly Cristina Lira

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Usar horário assim: 19h30

"as pessoas tem dessas" pede acento.

"essas pessoas não tem moradia" - idem.

"Um local que abriga hoje 108 homens e têm a finalidade"- sem acento...

Texto bom, mas cuidados com os escorregões de acentuação...