quarta-feira, 3 de outubro de 2007

A Realidade de Retratos.




A história do jornalismo literário ganhou mais um capítulo de destaque na última terça feira, 25 de outubro. Alunos do curso de jornalismo da Universidade IMES fizeram o pré-lançamento da revista Retratos.

Com oito integrantes, o grupo de TCC formado por Caio Bruno, Marcus Vinícius, Rodolpho Salles, João Rodrigo Brasiliense, Philipe Kawakami, Renata Cattaruzzi, Silvia Dalpicolo e Carla Quintino mais do se inspiram, homenageiam a revista que já não mais publicada: Realidade, um marco nas editorias brasileiras e um símbolo de eficiência e extrema qualidade para quem conhece a história do jornalismo brasileiro.

Baseada no jornalismo literário a Revista Realidade bateu recordes de vendas, e era conhecida por suas matérias longas e muito bem escritas, mas acabou perdendo mercado no período da ditadura , devido a censura. E é exatamente esse o desafio do grupo; manter a qualidade de uma editoria como aquela. Retratos tem o objetivo de inovar e ao mesmo tempo resgatar uma tradição já perdida no jornalismo moderno, a de matérias extremamente detalhadas, que chegam a ter até 12 páginas, algo que hoje em dia raramente acontece, devido ao espaço concedido a propaganda e a velocidade que os meios de comunicação adiquiriram.

Retratos terá 11 matérias, um perfil e um ensaio fotográfico, chegando a mais de 100 páginas o grupo trata de assuntos que vão desde religião, prostituição masculina e uma matéria tratando de necromaquiagem, a atividade de “preparar” os corpos para um velório.

O grupo teve que superar todo o tipo de medos e preconceitos para encarar o desafio,além de carregar o peso de uma comparação com a Revista Realidade as matérias deveriam ser extensas e não cansar o leitor.

O lançamento oficial acontecerá em outubro, no auditório de Universidade IMES, em São Caetano do Sul.

Karine Aleixo Dias

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Ok, bom texto, mas fique de olho no calendário: postar matéria ATÉ a terça subsequente à apresentação.