terça-feira, 9 de outubro de 2007

"Bem Viver" valoriza a mulher como ela é


Por Sílvia Dalpicolo


Fazer com que se sinta bem e saudável. Esta é a proposta da Revista Bem Viver, o trabalho de conclusão de curso dos alunos de Jornalismo da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (IMES), cuja prévia foi apresentada na última terça-feira, 2 de outubro.

Voltada para o público feminino de 25 a 45 anos e ao contrário de outras revistas do mesmo segmento que impõem padrões de beleza e sugerem dietas milagrosas e outras dicas, a Bem Viver trata de assuntos que valorizam a mulher como ela é: confortável com seu corpo e satisfeita com a saúde.

“Não cultuamos o modelo da mulher magra como status de saúde”, conta Eduardo Chaves, um dos integrantes do grupo.

As matérias tratam de temas como câncer de mama, relaxamento do corpo e da mente, alimentação, entre outros, divididos em sete editorias: Trocando em Miúdos, Céu da Boca, De Dentro para Fora, Espaço Perfil, Jogo de Cintura, Tabu e Na Ponta dos Dedos. A publicação ainda traz a arte em uma sessão de fotos sobre a mulher profissional em seu local de trabalho.

“Bem Viver”, produzida por Cristina Salvatti, Deborah Silva, Eduardo Chaves e Gláucia Balbachan, poderá ser conferida na íntegra em outubro, no Anfiteatro do IMES.

Um comentário: