terça-feira, 23 de outubro de 2007

Equoterapia uma prática que muda vidas

Terapia contribui com a parte física e mental de pacientes

Muitas pessoas não conhecem umas das terapias que mais trazem resultados rápidos e eficientes aos seus praticantes. A Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento de pessoas portadoras de deficiências ou com necessidades especiais. O caminhar do cavalo é o que mais se assemelha do humano e isso influencia, através do movimento, o desenvolvimento motor, psíquico e social do praticante.
Um grupo composto por alunas do 4º ano de Jornalismo da Universidade IMES, localizada em São Caetano do Sul, produziu como trabalho de conclusão de curso uma revista especializada na prática. Com o nome de Équo&Terapia, o projeto tem como objetivo ser uma diferencial no mercado especializado para a prática da terapia.
A revista será mensal e dividida em onze editorias, entre elas: um artigo escrito por um especialista da área, 4 patas que irá falar sobre raças de cavalos, alternativa que irá propor outras terapias dentro da equoterapia.
“A equoterapia não é apenas andar à cavalo, mas envolve também a limpeza, a prática de alimentá-lo, ou seja, os cuidados com o animal em geral, que podem servir como exercícios”, afirma Elaine Boaventura, uma das responsáveis pelo projeto.
A publicação conta ainda com histórias emocionantes de praticantes que mudaram suas vidas e adquiriram muitas melhorias por meio da equoterapia.
O grupo apresentou uma prévia do projeto para os alunos e professores do 4º ano de Jornalismo na própria Universidade. Logo em seguida foram avaliadas e aprovadas pela banca examinadora da Universidade que acharam o projeto muito viável comercialmente no mercado especializado na área.
Marcus Oliveira