terça-feira, 4 de setembro de 2007

Anencefalia e o poder da decisão




Por Diego Fuzo Garutti

O direito de escolher em ter um filho com anencefalia não é uma decisão fácil. Este difícil tema, será abordado por alunos do 4° ano de Jornalismo da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (IMES). O documentário “E agora mãe? Anencefalia e o direito de escolha” teve sua pré-exibição na última terça-feira, 28, de agosto, na sala de aula 42 do prédio B da Universidade. Na coletiva estiveram presentes alunos, jornalistas, convidados e Professor Dr. Arquimedes Pessoni.

A anencefalia é um defeito no feto que proporciona a falta de cérebro e conseqüentemente tira a perspectiva de vida desta criança. Segundo os produtores do documentário Felipe Mesquita, Marcos Félix, Fernanda Lúcia, Ana Carla Molina, Priscila Aguiar e Carolina Duarte existem alguns raros casos de crianças que conseguem sobreviver por meses. A prevenção contra este defeito é uma vitamina chamada ácido fólico, que diminui muito a chance da criança sofrer com este problema.

O objetivo deste vídeo-documentário é mostrar para a população que a anencefalia esta muito perto de nós. Outra informação muito importante é que uma mãe que já sofreu com este caso em outra gravidez, pode sofrer novamente. O vídeo traz a história real de Maria Inês e Valdir de Carvalho que tiveram dois filhos anencefalos.

O vídeo-documentário de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) será exibido na integra no mês de outubro no IMES, com data a ser definida. Mais informações pelo tel: 4239-3230.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Texto muito bom que conseguiu reunir informações presentes no release com as oferecidas em sala de aula.