terça-feira, 25 de setembro de 2007

Olhando para cima


Por Aline Bosio

Considerada a rua mais movimentada de São Paulo, a 25 de março é o tema do rádio-documentário Eu Moro na 25 de Março, produzido por alunos do curso de Jornalismo do Imes e apresentado na última terça-feira (18), na própria universidade.

Como o próprio nome diz, o foco do trabalho fugiu do convencional. Ao invés dos comerciantes e ambulantes, os moradores locais. Moradores? Sim, moradores. Além das mais de 1,2 mil lojas lá instaladas, a rua também abriga residências. Basta um olhar para cima que os prédios residenciais poderão ser notados.

"O objetivo do trabalho é mostrar como as pessoas que moram na famosa rua do comércio vivem em meio aquela correria toda, como elas se adaptam ao barulho, como fazem tarefas relativamente fáceis, como estacionar o carro", conta uma das produtoras do documentário, Melina Cardoso.

Além do desafio de encontrarem informações voltadas ao foco do trabalho, encontrar personagens não foi uma tarefa fácil. "Tivemos que, mesmo embaixo de chuva, ir conversando com vários comerciantes para saber se eles conheciam alguém que morasse por lá, mas a resposta era sempre negativa. Quem nos ajudou bastante foram os catadores de papelões", lembra Melina.

Eu Moro na 25 de Março traz, além de histórias dos moradores, a história da rua, as dificuldades enfrentadas por estas pessoas (uma vez que a lei de zoneamento implantada no local 'desconhece' a existência destas pessoas), as facilidades e as peculiaridades do famoso shopping a céu aberto.

A estréia oficial do rádio-documentário produzido por Melina Cardoso, Thaís Gonzáles, Kátia Lopes, Priscila Marques, Fabrício Bonfim, Thiago Francisco e Thiago Magnani será entre os dias 16 e 22 de outubro, no Imes, que fica na avenida Goiás, 3400, São Caetano.