terça-feira, 11 de setembro de 2007

Histórias da vila ferroviária de Paranapiacaba



Por Karine Aleixo

Aconteceu na última terça-feira, 3 de setembro, o lançamento do documentário ”Estação Final: Paranapiacaba”, produzido pelos alunos do 4º ano de jornalismo da Universidade de São Caetano do Sul – IMES.

O documentário se baseia na decadência da ferrovia brasileira, dando destaque à vila de Paranapiacaba, hoje um distrito de Santo André.

O vídeo utiliza-se da narrativa de antigos moradores, como por exemplo José Calazans, de 83 anos, o morador mais antigo da vila, que era conhecido como o “Rei do Loco-Breque”, devido a sua ótima atuação profissional na ferrovia. Além disso relata de forma nostálgica o quanto a ferrovia era importante econômica e socialmente para a população que na época ali vivia.

Os moradores se consideram abandonados após a privatização da ferrovia, que agora pertence a empresa MRS Logística, que usa os trilhos da estação apenas para transporte de minérios e outras cargas.

O trabalho final será apresentado para o público em outubro na mesma Universidade.”É uma grande oportunidade de conhecer a história dessa vila e sua atual situação.Acima de tudo é preciso observar o estado precário de nossa ferrovia”, diz Diego Fuzo, um dos produtores do documentário.