quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Muito mais que uma rua movimentada


A 25 de março pelos olhos dos moradores



Priscila Aguiar



Quem pensa que a rua 25 de março no centro de São Paulo é apenas um reduto de pessoas de todos os lugares em busca de bugigangas, artigos falsificados, cd´s, roupas, brinquedos, tecidos e etc está muito enganado!Apesar de ser conhecida como a rua mais movimentada do Brasil, não é só de armarinhos, lojas e camelôs que constitui a rua 25 de março.Por trás dessa rotina fervilhante de pessoas andando, comerciantes e vendedores ambulantes gritando os seus melhores produtos e ofertas, existem também pessoas que vivem por lá, tem seu lar, dormem e acordam todos os dias dentro do maior Shopping de céu aberto da América Latina.
Esse é o tema do rádio-documentário que os alunos do 4º ano de jornalismo da Universidade IMES produziram: “Eu moro na 25 de março”.O grupo formado por Melina Cardoso, Kátia Lopes, Thaís Gonzáles, Priscila Marques, Fabrício Bomfim, Thiago Franciso e Thiago Magnani tem como objetivo, apresentar personagens desconhecidos que moram ou moraram na 25 de março, historiadores, políticos, comerciantes, representantes da área da saúde e assistência social.
Segundo o grupo, o documentário traça um percurso histórico da rua 25 de março, desde a época em que a rua era apenas um trecho do leito do rio Tamanduateí e servia como travessia para as embarcações vindas do Oriente e do velho continente com suas mercadorias, mas o foco principal é relatar as dificuldades, facilidades e curiosidades de se morar numa rua como esta.
Não deixe de assistir a estréia na segunda quinzena de outubro, a partir das 20h no anfiteatro principal da Universidade IMES.

Endereço:
Av. Goiás,3400
Bairro Barcelona - São Caetano do Sul
Telefone: 4239-3230
Mais informações:
Grupo Sintonia: thi_mn@yahoo.com.br / ffbomfim@gmail.com

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Lagal, mas ficaria melhor se incluísse fonte primária...