sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Clausura religiosa é tema de TCC do IMES


Por Silvia Dalpicolo

Abrir mão da liberdade para se dedicar à vida religiosa. A clausura é o tema do trabalho de conclusão de curso, cuja prévia foi exibida em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 11 de setembro, na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (IMES).

Entre as religiões que adotam a clausura no Brasil e que são abordadas no projeto estão o Anglicanismo, Hinduísmo, Budismo, Ortodoxismo e o Candomblé.

A série de reportagens especiais para rádio “Do Outro Lado do Muro – A Clausura nas Religiões” conta com relatos de representantes de cada um destes segmentos, especialistas no assunto opinando sobre o tema e histórias de pessoas que passaram por este tipo de confinamento.
Um dos depoimentos é o de Danilo Toledo, 17 anos, que abandonou sua rotina para viver no Mosteiro São Bento. A vida nova acabou se tornando um pesadelo para o jovem, que após três anos, abandonou o local para retornar ao antigo cotidiano.

Mas nem todos possuem a mesma opinião. O monge hindu Mark Walter, conhecido como Swami Arunananda relata que a vida de clausura era agradável. “Eu me sentia muito bem dentro do mosteiro e era isso que eu queria para a minha vida. Era isso que eu queria saborear”, conta.

O trabalho, produzido pelos alunos Danilo Gonçalves, Aline Teixeira, Karin Dalle, Kelly Lira, Larissa Florêncio, Leandro Amaral, Rafael Munhoz e Tiago Dias, foi dividido em cinco capítulos que abordam o que é a vida em clausura, vocação, rotina, alegrias e desafios, saída e balanço.
“Nossa principal dificuldade foi definir quais religiões entrariam no trabalho e a escolha de fazer um programa de rádio surgiu pela viabilidade da produção”, conta Leandro Amaral.
A produção será exibida na íntegra em outubro, no Anfiteatro da Universidade IMES.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

belo texto, parabéns"!