terça-feira, 25 de setembro de 2007

Estou de mudança para 25!


Por Danilo Gonçalves

Estudantes produzem documentário sobre os moradores da 25 de março


Ao escolherem a 25 de março para ser o tema de um documentário de rádio, seis estudantes de jornalismo da Universidade IMES, não queriam abordar usar a tão famosa rua de São Paulo como sempre é abordada pelos meios de comunicação. Foi pensando nisto que nasceu ‘Eu moro na 25 de março’.

Idealizado por Fabrício Bonfim, Melina Cardoso, Kátia Lopes, Priscila Marques, Thaiz Gonzales, Thiago Francisco e Thiago Magnani, ‘Eu moro na 25 de março’ apresenta, por meio de depoimentos de moradores, a sensação de morar em meio às mais de mil lojas e camelôs.

“Abordar estes moradores foi o nosso grande desafio, afinal eles nunca foram abordados”, contou Melina Cardoso, integrante do grupo, após a coletiva. Segundo informações do grupo, as maiores parte das pessoas que residem na tão famosa 25 de março são de descendência chinesa.

Para conseguir material para a produção do documentário os estudantes visitaram várias vezes o local, pois as informações mais preciosas foram conseguidas em campo. “Nossa pesquisa bibliográfica revelou que não existe um material que fale sobre o tema”, explica Melina.

Além dos depoimentos dos moradores, o documentário também conta com depoimentos de historiadores, políticos, moradores de rua, comerciantes e representantes das áreas da saúde, segurança e assistência social e os famosos comerciantes da 25.