sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Um desafio jovem


Publicação ultrapassa os muros da universidade e promete colher bons resultados


Por: Eduardo Chaves

Na última terça-feira, oito alunos do curso de jornalismo da Universidade Municipal de São Caetano do Sul – IMES apresentaram em uma coletiva de imprensa o desafio de criar uma publicação aos moldes editoriais da antiga Revista Realidade.

O grupo composto pelos alunos Caio Bruno, Carla Quintino, João Rodrigo Brasiliense, Marcos Oliveira, Philipe Kawakami, Renata Cattaruzzi, Rodolpho Salles e Silvia Dalpicolo debruçaram sobre uma das mais importantes publicações brasileiras e ainda em 2006 já tinham em vista que a demanda de trabalho e o estilo da escrita aprofundada das matérias acompanharia os estudantes na realização deste trabalho de conclusão de curso.

No início de julho os jovens jornalistas passaram por uma banca avaliatória e receberam recomendações de substituir o nome “Nova Realidade” por outro que não remetesse diretamente a revista da editora abril. “Queríamos nos desvencilhar do nome da Revista Realidade, não foi fácil, mas fomentamos algumas idéias e chegamos à conclusão que “Revista Retratos” consegue exprimir bem o que queremos com a publicação” afirma um dos integrantes do grupo Marcos Oliveira.

A revista possui características do new jornalism, ou seja, jornalismo literário, com matérias mais aprofundadas (algumas de 10 a 12 páginas) o leitor consegue viajar pela narrativa e encontrar detalhes que não são comuns em outras publicações mais atuais. “Quando comecei a escrever a matéria sobre necromaquiagem precisava ver exatamente do que se tratava, acompanhei de perto o processo, observei cada elemento da sala, o suor do maquiador, as cores, os cheiros, isso é incrível” relata Carla Quintino sobre um dos destaques da revista.

Um dos trechos interessantes da revista é o ensaio fotográfico feito pelos próprios alunos sobre as construções antigas e deterioradas do centro da capital paulista, o resultado apresentado previamente mostra que a fotografia será um elemento que estará a favor dos textos e neste caso funcionará como uma janela para maior explicação dos fatos apresentados.

Dentre as 13 editorias da Retratos, uma das mais instigantes com certeza é a Perfil que nesta edição mostra a vida de Paulo Machado de Carvalho Filho. O trabalho conta ainda com crônicas e uma reportagem especial sobre a vida dos michês, o dia-a-dia desses profissionais do sexo, suas histórias, relacionamentos e a forma como eles encaram a vida e o preconceito.

O projeto gráfico foi uma das maiores dificuldades do grupo. “A revista precisa deste diálogo com o público para que possamos melhor transmitir o que desejamos, e através de um projeto gráfico moderno, idealizado para que a leitura seja mais agradável e sem ser cansativa, vem ao nosso favor e assim conquistamos o leitor” afirma Caio Bruno.

O material está em fase de fechamento na gráfica e sendo assim o grupo está pronto para a avaliação geral que deverá acontecer ainda na primeira quinzena de outubro. O resultado parece surpreender os próprios integrantes.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Muito bom. Dica: quando usar citação dentro de aspas, use aspetas.