quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Pé na estrada


Por Felipe de Paula


Eles são responsáveis por 6% do PIB nacional e pelo transporte de 65% de toda a carga do país. “Os Chapas”, então, pegaram uma carona com esses profissionais – os populares caminhoneiros – e produziram um radiodocumentário sobre a vida desses solitários viajantes, que será lançado no dia 13 de outubro de 2008 no campus I da USCS, em São Caetano do Sul. O quarteto produtor, formado pelos jornalistas Ewerton Ferrari, Ana Paula Serpa, Juliana Buscariol e Marcela Baptista – “Os Chapas” -, esteve na universidade na última quinta-feira apresentando o seu trabalho.

Os caminhoneiros trabalham, em média, 16 horas por dia, dormem no caminhão, chegam a ficar até 90 dias longe de casa e mesmo assim são apaixonados pela profissão – muitos deles têm abaixo de 25 anos e possivelmente sigam trabalhando no ramo por toda a vida. “Todo caminhoneiro tem o sonho de ter seu próprio caminhão. Por isso, só trataremos dos autônomos”, explicou Marcela sobre os personagens entrevistados.

Assuntos ligados à solidão, saúde, prostituição, família e religiosidade também foram explorados. Um ponto importante é a divergência com a realidade mostrada no famoso seriado “Carga Pesada”, da TV Globo: a verdadeira realidade desses profissionais é bem diferente daquela vista na telinha.

Por fim os produtores comentaram sobre a dificuldade na produção das reportagens, já que de acordo com eles “os caminhoneiros não gostam muito de falar”. Resta-nos preparar os ouvidos para ouvir o programa, já que depois de tanto trabalho, “cada palmo dessa estrada” “Os Chapas” conhecem muito bem.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Bem legal, com bons trocadilhos de efeito. Faltou colocar algumas citações diretas do grupo e atenção para o abuso da palavra "trabalho".