domingo, 7 de setembro de 2008

Imprensa X sensacionalismo

Pela terceira semana consecutiva, ontem, os alunos do quarto ano de jornalismo da USCS (Universidade de São Caetano do Sul), tiveram puderam acompanhar a apresentação da proposta de mais uma monografia. Desta vez o tema foi, O sensacionalismo e o acidente do vôo 3054 da TAM, Retratado na Veja e na Época, que é produzida pela aluna Alice Auler Galoppi.

A proposta da dissertação, é analisar como cada publicação tratou o assunto, através de estudo de texto, fotografia, capas e abordagem das matérias. Alem disso, Alice pretende abrir uma discussão do que é ou não é sensacionalista. “Será que uma capa que mostre o rosto de cada uma das pessoas que morreram naquela tragédia não é muito apelativa?”, qustiona.

Auler, ainda tem que terminar, a produção do trabalho, porem pela previa apresentada aos colegas de classe, é possível perceber que a imprensa tem uma enorme anciã por divulgar algo, caindo no sensacinalismo, algumas vezes até sem querer.


Danilo Sanches Ferrari

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

não separe sujeito de predicado com vígula: atenção para o verbo de ligação...