quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Ex-alunos de jornalismo discutem as dificuldades no início da carreira


Samanta Oliveira

Todo estudante universitário enfrenta dilemas na hora de conseguir entrar em sua área de atuação. Dúvidas sobre como fazer isso, quais as atitudes que contam pontos e como iniciar uma carreira de sucesso foram respondidas por quem já passou pela situação.

Na última quinta-feira, 27 de agosto, os alunos do 4º ano de jornalismo da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) tiveram uma aula diferente. Os ex-estudantes Leandro Amaral e Melina Cardoso, formados em 2007, responderam perguntas sobre a profissão e como produzir um bom TCC.

Leandro contou que uma das principais dificuldades dos estudantes é o ingresso na área. Ele relatou que teve que trocar um emprego estável em uma livraria pela oportunidade de conhecer melhor a área de jornalismo.

As dificuldades no início da carreira também pegaram Leandro no inicio do estágio na Rádio ABC. A troca do emprego estável pelo estágio teve reflexos financeiros, pois tinha um salário baixo que mal dava para pagar a mensalidade da faculdade. Mesmo assim, Leandro arriscou e hoje é efetivado como repórter na Rádio ABC e ainda trabalha no jornal Repórter Diário, cobrindo política regional.

Com Melina não foi diferente. Ela ressalta que as dificuldades no início da carreira a fez ter certeza que era isso que ela queria. “Eu sempre quis trabalhar em rádio. Era o que eu queria”, comenta. Após estagiar na Rádio ABC, ela também foi efetivada como repórter.

Para ela, a receita do sucesso é ter certeza do que quer. “Você tem que acreditar naquilo que faz. Se você acredita a recompensa vem com o tempo”, comentou. A repórter também comentou sobre a falta de oportunidades na área de jornalismo e a importância de ter bons contatos pessoais e profissionais.

Os ex- estudantes também deram dicas para fazer um bom trabalho de TCC. Melina produziu a série de reportagem especial “Eu moro na 25 de março”, e Leandro, produziu a série “Do outro lado do muro – A clausura nas religiões”, tirou nota máxima e ficou em segundo lugar na EXPOCOM (Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação) de 2008.

Um comentário:

Arquimedes Pessoni disse...

Muito bom texto! Atenção apenas para a repetição de palavras; busque sinônimos.