quinta-feira, 11 de março de 2010

Lugar de estudar é na escola. E só!

45 minutos por dia são suficientes para que seu filho tenha 48 horas livres aos finais de semana. Não entendeu? O professor Pierluigi Piazzi explica: “Aula dada é aula estudada hoje”! É com este pensamento, que o físico-químico formado pela USP leciona por todo o Brasil. Para ele, a educação brasileira precisa ser revista o quanto antes e os alunos devem aprender como estudar. “Não adianta nada decorar tudo aquilo que está nos livros. O importante é aprender tudo o que foi passado em sala de aula”, afirma.

Para Piazzi, o aluno deve prestar muita atenção naquilo que é lecionado em sala de aula e, naquela momento, manter todas suas atenções voltadas aos estudos. Depois da aula, é necessário separar 45 minutos para reler tudo que foi passado e o restante do tempo é feito para curtir. “Com isso, o aluno terá aprendido o conteúdo. Não precisa decorar ou perder horas estudando antes da prova”, completa Piazzi.

Ainda segundo ele, é necessário estar atento as bobagens que o cotidiano oferece, que pode empobrecer as crianças culturalmente. “Este tal de Messenger faz mais mal do que a maconha”, conta em meio a risada durante uma de suas palestras em todo o Brasil. Aliás, esses são os seus pontos fortes por onde passa: muita conteúdo e bom humor.

Sobre Pierluigi Piazzi


Formado em física e química pela Universidade de São Paulo, Pierlugi Piazzi tem 67 anos e nasceu em Bologna, na Itália. Atualmente, é professor de cursinho e também leciona palestras por todo o país. Já teve mais de 100 mil alunos e pretende revolucionar a educação brasileira.

Para isso, usa de muita descontração em suas apresentações. Em seu currículo, também traz a função de âncora em programas como Debate Acadêmico de Santos e Qual é o grilo?, da TV Cultura. Foi editor do jornal Estado de S. Paulo e colaborador das revistas Limite e Discutindo Ciência. Também teve passagens pelo rádio, nas emissoras Jovem pan e Eldorado. O profissional está disponível para entrevistas e reportagens especiais.

 Ricardo Tadeu de Sant' Anna

Sugestões de mídias


Caderno Folha Teen (Jornal Folha de S. Paulo)
Revista do Vestibular (Editora Abril)
Superinteressante (Editora Abril)
Galileu (Editora Globo)
Portais G1, R7, Terra, UOL, nas seções de educação
Coluna de Roseli Sayão (BandNewsFM)

Um comentário:

Arquimedes Pessoni disse...

Belo título e bom texto, parabéns!