sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Yes! Nós temos revista

MARIA FERNANDA ESPINOSA


Voltada para jovens do público masculino, a publicação promete revolucionar o mercado neste segmento

Que tipo de revista um jovem de 14 a 17 anos lê? Que tipo de abordagem ele quer que uma revista tenha? Qual a cara dessa revista?
Essas são perguntas que a equipe de jornalistas da revista Torpedo respondeu na coletiva de imprensa, realizada na última quinta-feira, dia 02, às 19h, no Campus I da USCS – Universidade de São Caetano do Sul – sobre a publicação, voltada pro público jovem masculino.

A revista Torpedo, além de ter um layout arrojado e ser atraente em suas cores, possui uma linguagem direta, descontraída e sem gírias. Em dez editorias, a revista aborda temas como esportes, música, games e comportamento. Nessa primeira edição, entrevistas com a banda Fresno e com o grupo Teatro Mágico. Além disso, o leitor pode a cada edição tirar dúvidas e até mesmo escrever uma reportagem especial.


Os jornalistas que idealizaram esse projeto acreditam que a publicação vai revolucionar este segmento de mercado, devido à dificuldade que muitos garotos têm em encontrar informações que lhes interessem em um só lugar. De acordo com o grupo, muitos garotos lêem revistas do público feminino jovem por não terem essa escolha. “A partir de pesquisa realizada com aproximadamente 130 meninos de classes A e B, com idade entre 14 e 17 anos, que moram no ABC e Grande SP, percebemos a necessidade de criar um produto não só para entreter, mas também informar, pois os adolescentes mostraram ter muitas dúvidas no que diz respeito à carreira e sexo, por exemplo”, conclui Juliane Torres, uma das jornalistas do time.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Legal, mas poderia usar uma fala da coletiva para humanizar mais a matéria!