terça-feira, 14 de outubro de 2008

Um documentário que é o bicho...



Por Felipe de Paula

Uma senhora que abdicou de uma vida de alto nível social para viver com mais de cento e cinqüenta cães e gatos. Esta é apenas uma das dez personagens que o rádio-documentário “Eu prefiro os animais” traz em seu contexto. Os jornalistas e produtores Juliana Santos, Natalie Amancia, Renan Fonseca, Tássia Rocha e Veneza Macaúba pré-lançaram o trabalho na noite da última quinta-feira (09/10) na USCS, em São Caetano do Sul.
Embora diretamente ligado aos animais, o trabalho visa essencialmente mostrar esse curioso comportamento humano. Baseado no crescimento do mercado pet e nas suas curiosidades, o programa mescla histórias reais e comentários de especialistas. “Gostar de animais é normal. Mas abdicar de viver com pessoas para ficar com animais é muito complicado”, ponderou Tássia Rocha.
A narrativa estabelece uma linha que retrata o personagem, o local onde mora e seu comportamento específico. “São poucas as pessoas que humanizam (os animais). A maioria trata como animal porque acredita que os animais são melhores”, explicou Juliana Santos.
Atualmente o Brasil está em segundo lugar no ranking de consumo dentro do mercado pet, com movimento de cerca de R$ 6 bilhões no ano de 2007.

Um comentário:

Prof. Arquimedes disse...

Quando usar siglas, diga o significado. Lembre que o público-alvo pode ser leigo...