quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Hora de falar sobre educação


FELIPE ALVES DE PAULA

A conclusão pode ser um lugar comum - educação e jornalismo são essenciais para a sociedade e para qualquer ser humano -, mas é inevitável quando a discussão é sobre algum tema que una essas duas áreas de conhecimento. Tal raciocínio é fruto da monografia “A repercussão na mídia do material jornalístico produzido pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação”, de autoria do jornalista Diones Soares. O estudo foi pré-lançado na noite do último dia 25 na USCS – Universidade de São Caetano do Sul.

De maneira geral, o trabalho faz uma análise de 398 inserções na mídia entre janeiro de 2007 e abril de 2008 referentes à Campanha Nacional pelo Direito à Educação, criada em 1999 por um grupo de organizações da sociedade civil e que articula mais de 200 entidades brasileiras. O que é a campanha, suas estratégias e alguns exemplos práticos – matérias produzidas – também aparecem na monografia.

O texto é dividido em três partes: o primeiro fala sobre educação e jornalismo, o segundo sobre as formas de atuação da campanha nos meios de informação e o último sobre como o trabalho atua na mídia.
Diones finalizou sua apresentação afirmando que “a campanha ainda tem um grande potencial de comunicação a ser desenvolvido” e que “é possível criar novas pesquisas a partir dessa”.